header

Acesso a Editores

Acessos

Hoje350
Ontem566
Esta semana3447
Este mês7958
Total1611855

22 visitantes online

PALAVRAS QUE EDIFICAM

Os interesses de Deus devem ser os nossos

A Igreja existe também com a finalidade de fazer prósperos os filhos de Deus. Mas como a casa de Deus, a Igreja de Deus, será próspera se vivermos pensando apenas em nós mesmos? Nossos empreendimentos deveriam refletir o amor de Deus (que, como já vimos, se manifesta por meio do amor aos irmãos); no entanto, muitos deles têm refletido nosso egoísmo, pois na maioria das vezes o que os motiva não são o objeto de nosso amor – Deus e os irmãos –, mas objetos de consumo, de vaidade. Um dia o diabo disse a muitos dos filhos de Deus que eles têm de construir, que têm de fazer, que têm de ser grandes homens, que têm de fazer grandes projetos. Então, quando tiverem construído tudo, quando tiverem tudo, eles se sentirão como Deus: protegidos, acima de todos. Mas a estes Deus dirá: “Apartai-vos de mim, porque não vos conheço!”

 

Em Lucas 12.19,20 (NVI), o Senhor apresentou um alerta claro àqueles que investem seu tempo, seus ganhos e sua vida apenas para construir e fazer: “E direi a mim mesmo: Você tem grande quantidade de bens, armazenados para muitos anos. Descanse, coma, beba e alegre-se. Contudo Deus lhe disse: Insensato! Esta mesma noite a sua vida lhe será exigida. Então, quem ficará com o que você preparou?”

Portanto, não vale a pena viver desse modo. A vida de Deus em nós, quando tem caminho livre para fluir e para nos governar, vai levar-nos espontaneamente a cuidar dos irmãos e a não vivermos para nós mesmos.

Leia mais...texto do livro " Uma vida pela qual vale a pena morrer" encontrado nas livrarias...

APOIO PUBLICITÁRIO

banner boasnovas